sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Ecumenismo





Não me considero uma pessoa  muito ligada  a religião, apesar de ter uma  forte religiosidade.Tive  formação católica e  minhas orações  diárias  têm como referência essa formação.   Mas ao longo da  minha vida procurei conhecer  outras crenças e  percebi  que todas as religiões têm como propósito o  religar-se à  Divindade que  habita em todos  nós. Portanto tenho uma visão aberta  em relação  a  todas as  crenças religiosas e respeito profundamente   cada uma  delas , mesmo que  discorde  de  algumas . Exercito a  minha religiosidade ( a  busca do  religar-se  à  Divindade )  à  minha maneira , respeitando , sempre , a  maneira das  outras pessoas .

É fato   que as divisões e rivalidades  entre religiões ( cada  uma achando  que  sua forma  de religar-se com o Divino   é  a  mais  correta ) atrapalha , e muito , a  evolução da  humanidade. E as  guerras  santas , que  são alimentadas por essa visão ,  desvirtuam  completamente o propósito da  religião. 

Tenho percebido, com uma  certa decepção,  o quanto as pessoas  são preconceituosas  em relação  às  crenças que  diferem das  suas .  Essas pequenas  guerras santas  - cada  pessoa querendo impor seu ponto de  vista  religioso como o mais correto -  é motivo de  discórdia e separatividade. Por isso  sou  a favor do movimento ecumênico  em sentido amplo, que  visa a  unificação das  religiões  . Na verdade o ideal  é que  cada  pessoa exercite sua religiosidade independente de  religião ,  como  imaginou Jonh Lennon.

Aprendi  que geralmente  tudo que divide, separa e  exclui , não  tem um bom  propósito . E  aquilo  que  busca a união  e  suprimir    preconceitos,  pode ser  considerado  uma boa  ação.

"Ecumenismo é o processo de busca da unidade. O termo provém da palavra grega οἰκουμένη (oikouméne), designando "toda a terra  unida". Num sentido mais restrito, emprega-se o termo para os esforços em favor da unidade entre igrejas cristãs; num sentido lato, pode designar a busca da unidade entre as religiões" ( Wikipédia).

Como  em  todos, ou quase  todos os  órgãos  , no fórum  onde  trabalho  costumam  fazer uma confraternização de   final de ano .  E nessa  confraternização  geralmente  há  uma celebração religiosa . Como  no local   há  católicos, evangélicos e  espíritas,  sugeri  uma celebração ecumênica .  Entretanto, para  minha  surpresa , a  reação  de  algumas  pessoas foi  contrária a essa  sugestão . Tanto  os católicos ( não todos, mas  alguns )  como os evangélicos, demonstraram um certo  preconceito em relação  ao espiritismo  e   algum  descontentamento com a possibilidade de uma  celebração unificada.

Pergunta-se: como alguém que  se  diz  praticante  de  uma  religião quer  alcançar  " o reino dos  céus" (que está  dentro de nós e não fora)  se   tem interiorizado a  separatividade e o preconceito? 


São Josafá Kuncewycz    ( santo do dia 12 de novembro )  é  considerado o precursor do ecumenismo, pois durante sua  vida lutou pela união das igrejas.


*Fonte da imagem: O Anunciador


Nenhum comentário: