quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Conciliar é legal !


No último dia  24  foi instalado  o Juizado Informal de Conciliação e Mediação  da 3ª Vara Cível da Comarca de  Parnaíba-Pi ,  com a  nomeação do  Conciliador e Mediador  . Desejo boa sorte  aos  nomeados,  Jeferson  e Marilena  . Que os trabalhos sejam coroados de  sucesso e  êxito,  com  a  realização de muitas  conciliações .

A  conciliação é  uma tendência  do Direito  na  atualidade  e  cada  vez  mais  estimula-se  a  conciliação entre  as  partes   nos litígios  que  comportam  composição ou  transação .  Na  Vara de Família  da  Comarca de Parnaíba  conseguimos  conciliação   em aproximadamente  50 a 60  por cento  ( ou  mais ) das  ações . Dizem que um bom  acordo vale mais do que  uma excelente sentença.  No acordo  há um consenso  e   as  partes , na  maioria das  vezes  ,  saem da  disputa  judicial  satisfeitas .  Ao contrário  quando  há uma  sentença de mérito,  a  parte  vencida  sempre  fica  insatisfeita . Além  disso  a conciliação entre as partes põe  fim  ao processo de  forma célere ,   trazendo benéficio  tanto  às partes,  que resolvem o  litígio com rapidez, como à  Justiça, que  desafoga dos inúmero processos em  andamento . 


O Conselho Nacional de Justiça   instituiu o  Movimento  pela Conciliação  consubstanciado no projeto Conciliar é Legal  ,  promovendo  em várias épocas  do ano a Semana Nacional de  Conciliação . O advogado Gustavo D'Adréa  ao enfatizar a  importância da Conciliação  afirmou  :  “O processo judicial, no Brasil, é muito relacionado à palavra lide ou à palavra litígio. Mas a rotineira oportunidade de conciliação, mesmo em processos já formados em tramitação, vem encorajar que se procure uma identificação do processo com a palavra diálogo. O diálogo enriquece o Direito, sugerindo também a importância da interdisciplinaridade com outras áreas científicas, que poderá evitar decisões alheias à realidade.”

Portanto antes (ou depois) de entrar  em  um litígio  procure  dialogar e conciliar,  porque Conciliar é legal !



*Imagens encontradas no  banco de imagens do Google


Nenhum comentário: